quarta-feira, 27 de maio de 2009

GRAVIDEZ E ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO. SERÁ QUE DÁ PARA CONCILIAR?

Cristiane Prazeres*

COM BOA VONTADE CLARO QUE SIM! NOSSO AMIGO FIEL NÃO IRÁ DE MANEIRA ALGUMA ATACAR OU FICAR COM CIÚMES OU PASSAR DOENÇAS PARA O BEBÊ ... PORÉM, EXISTEM ALGUMAS COISAS QUE SE DEVE FAZER:
1- O ANIMAL SE SENTE LIGADO A VOCÊ E É MAIS QUE NORMAL QUE ELE MUDE DE COMPORTAMENTO SE VOCÊ COMECAR A DEIXÁ-LO DE LADO. COLOQUE-SE NO LUGAR DELE. VOCÊ GOSTARIA QUE SEUS PAIS CUIDASSEM DE VOCÊ E DEPOIS TE TROCASSE POR OUTRA PESSOA? ACHO QUE NÃO NÉ?
2- TEM ANIMAIS QUE TOMAM CONTA DO BEBÊ E NÃO DEIXAM QUALQUER PESSOA CHEGAR PERTO. ELE SÓ ESTÁ TENTANDO RETRIBUIR SUA DEDICAÇÃO POR ELE. NÃO O ABANDONE POR ESSA ATITUDE. COM JEITINHO CONSEGUIRÁ CONTORNAR A SITUAÇÃO. ELE PODE UM DIA SALVAR SEU FILHO DE ALGUMA SITUAÇÃO DE PERIGO OU MAUS TRATOS.
3- CRIANÇAS NÃO FICAM ALÉRGICAS COM PÊLOS DOS ANIMAIS, A NÃO SER QUE SOLTEM MUITO PÊLOS. É SÓ TOSÁ-LOS BASTANTE.
4- IMPORTANTÍSSIMO: ANIMAIS SÓ PASSAM ZOONOSES E OUTRAS DOENÇAS QUANDO NÃO SÃO VERMIFUGADOS, NÃO SÃO LEVADOS AO VETERINÁRIO, NÃO FAZEM HIGIENIZAÇÃO AO RETORNAR DE UMA CAMINHADA, NÃO SÃO VACINADOS. POSSE RESPONSÁVEL É FUNDAMENTAL. O SER HUMANO QUE TAMBÉM PODE PASSAR DOENÇAS PARA O BEBÊ SE NÃO TIVER HÁBITOS DE HIGIENE.
* ATENÇÃO: GATOS PODEM PASSAR TOXOPLASMOSE SE NÃO TOMAR VERMÍFUGO! PROCURE ORIENTÇÃO DO VETERINÁRIO! O CURRASQUINHO QUE AS GESTANTES COSTUMAM COMER TEM MAIS RISCO QUE O FELINO. AQUI VAI UM PEDIDO AOS VETERINÁRIOS: DIVULGUEM NA CLASSE MÉDICA GINECOLÓGICA E OBSTÉTRICA ESSAS INFORMAÇÕES SOBRE TOXOPLASMOSE.
BEM! SE AINDA ASSIM ACHAR QUE DEVE DOAR SEU AMIGO DE TODAS AS HORAS, PROCURE DOÁ-LO A ALGUEM QUE AME ANIMAIS POIS ELE SOFRERÁ POR ESTÁ LONGE DE VOCÊ. CASO NÃO TENHA AINDA ANIMAL PENSE BEM SE É REALMENTE O QUE QUER, NOS SEUS PLANOS DE VIDA E SE UM ANIMALZINHO PODERÁ FAZER PARTE DELES. NINGUEM É OBRIGADO A TER ANIMAIS, MAS ÉTICAMENTE E HUMANAMENTE DEVE RESPEITAR AS FORMAS DE VIDA E NÃO FAZÊ-LOS SOFRER.VAMOS DISCUTIR ESSA IDÉIA? CITE RELATOS, DIVULGE SOBRE A ATITUDE DE ALGUEM, PESQUISE E COLABORE


Caso deseje relato de uma pessoa que passou pela experiência de ter BB e um caozinho acesse o blog:
http://deniseeguilherme.blogspot.com/2009/02/gravidez-x-cachorro-ou-gravidez.html, muito legal a postura dessa pessoa. vale a pena conferir.

Um comentário:

Denise e Zé Guilherme disse...

Oi Cris!!!
Amei o seu post!!!
Logo que eu engravidei comprei uma briga enorme com minha familia e a do meu marido pra defender o meu direito de manter a minha cachorrinha comigo, eu moro em apartamento e ela pesa 20 kg, meu principal argumento sempre foi: afastá-la de mim, traria muito mais sofrimento a mim e ao bebê, do que qualquer "risco" a que ela pudesse nos expor.
No mais ela é super bem cuidada, até mais do que várias pessoas que eu conheço.
depois mando uma foto lindíssima da Lola "beijando" a minha barriga, super emblemática!
beijos,
Denise